O futuro será construído
por empresas inovadoras!

Invista nelas com a Bzplan.

A ascensão das empresas startup brasileiras internacionalmente

Com o mercado brasileiro de startups a ser visto com bons olhos pelo investidor internacional, a ascensão das empresas startup brasileiras pelo mundo deve se acentuar ainda mais.

09 de setembro de 2019

Empresas como Rocket Chat e Pipefy, startup brasileiras internacionalmente reconhecidas, possuem seus produtos presentes em mais de 150 países. Exemplos como estes denotam o caminho seguido por empresas que já nascem com DNA global. Elas são desenhadas e estruturadas para explorar o mercado mundial, seja a partir do primeiro dia de fundação ou de forma gradual, conforme vão amadurecendo. Essas companhias representam, na avaliação de especialistas, uma nova cultura do empreendedorismo brasileiro, que durante anos apostou apenas no mercado doméstico.

A mudança se deve, em especial, ao apoio financeiro de grandes fundos de investimentos, que elegeram o Brasil como o principal mercado na América Latina. Exemplo disso é que só no ano passado, os fundos de Venture Capital investiram cerca de US$ 1,3 bilhão, volume 51% superior ao de 2017.

A ascensão das empresas startup brasileiras pelo mundo.
O mercado brasileiro de startups a ser visto com bons olhos pelo investidor internacional.

A relação com os Unicórnios nacionais

O movimento de internacionalização deve continuar em ascensão com o surgimento de novos “unicórnios” – empresas acima de US$ 1 bilhão em valor de mercado. A cada companhia que entra para esse grupo de empresas bilionárias, mais dinheiro chega para o universo de startups, que já conta com sete membros – Nubank, Movile, Stone, 99, PagSeguro, Gympass e Loggi. É um ciclo virtuoso que ajuda na expansão dos negócios.

A maturidade do mercado, dessa forma, tem agradado aos investidores. “Vemos uma postura bem diferente daquela do passado, e um dos motivos é que o ecossistema das startups está muito bem desenhado”, diz Romero Rodrigues, fundador do Buscapé. Para ele, não existe receita de bolo. Mas a internacionalização depende muito do modelo de negócios, que precisa sanar aflições globais.

Entenda melhor a trajetória das empresas brasileiras que adotaram o viés internacional e tornaram-se referência mundial. O jornal A Tarde apresenta um breve resumo histórico dos unicórnios nacionais e como os mesmos deixaram ensinamentos valiosos para que novas empresas sigam seus trilhos.

Fonte: A Tarde
Compartilhe esse conteúdo!

Comments

comments

Empresas inovadoras mudam o mundo.

Assine a nossa newsletter e receba em primeira
mão as novidades da Bzplan.